Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Sylvester Stallone’

Lembram daquelas séries de televisão com muita testosterona e pouca história? Lembram que mesmo com aquele pouco de história sabíamos da vida dos personagens, suas motivações e porque eles estavam naquela vida de foras da lei, ou seja, um certo nível de identificação? Pois é, Os Mercenários (The Expendables, 2010), promessa do Sylvester Stallone de dar um novo sopro de vida a esse tipo de filme morre na tentativa.

Barney Ross (Sylvester Stallone), Lee Christmas (Jason Statham), Ying Yang (Jet Li), Gunner Jensen (Dolph Lundgren), Hale Caesar (Terry Crews) e Toll Road (Randy Couture) são os Mercenários, um grupo de renegados que faz o serviço sujo para a quem pagar mais. Seu contato é Tool, Mickey Rourke em mais um personagem que só ele poderia fazer. O que deveria ser um filme com o melhor do antigo Esquadrão Classe A (The A-Team, 1983-87) na verdade se torna uma reunião de amigos nostálgicos. A história é o que se espera, garota-gata-de-uma-ilha-espanhola-pobre (Giselle Itié com um bom inglês) faz contato com os Mercenários pedindo socorro. Barney Ross ao conhecê-la aceita ajudar. Explosões, traições, socos, chutes, tiros e mais explosões depois, o fim. Sério, de história é isso aí. Há até a tentativa de deixar a história um pouco mais profunda com tramas de amor, não deixar de ajudar quando se pode fazê-lo para não se perder aquilo que te torna humano, mas é bem superficial, o que se espera desse tipo de filme. O ponto negativo é o modo como é apresentado: forçado e sem propósito até para esse tipo de filme. As cenas de luta são tão frenéticas que você até perde a pessoa para a qual estava torcendo. Fora a quantidade de sangue utilizada nesse filme, Tarantino deve ter gostado. O que falha em Os Mercenários é o exagero. Tudo é tão grande e rápido que não se cria identificação nem simpatia pelo sofrimento da filha do governador.

Lutas rápidas e sangrentas, frases de efeito dignas dos anos 80, Bruce Willis e Arnold Schwarzenegger naquela reunião de amigos, sangue, suor e lágrimas de Giselle Itié. Isso é Os Mercenários. Apesar disso tudo Jason Statham e Sylvester Stallone estão ótimos como eles mesmos.

Anúncios

Read Full Post »